6 dicas para gestão de pequenas empresas

Gerenciar uma pequena empresa é um trabalho árduo. Geralmente o proprietário é responsável por todos os detalhes, desde vendas a marketing, contratação, demissão, finanças e inventário. É fácil sentir-se perdido quando você acompanha um milhão de detalhes diferentes. A boa notícia é que existem maneiras de simplificar e facilitar o gerenciamento de pequenas empresas.

1. Automatize sua operação

O ditado é verdadeiro – tempo é dinheiro. É especialmente verdade quando você administra uma pequena empresa e tem um tempo limitado para lidar com todas as operações do dia-a-dia.

Você pode fazer com que cada minuto conte, aproveitando a automação para aumentar sua eficiência. Você pode usar softwares e aplicativos para registrar atividades, rastrear seu inventário, gerenciar seu dinheiro e muito mais. Os aplicativos de produtividade podem automatizar sua lista de tarefas, facilitando o controle de tarefas urgentes e o planejamento dos dias de maior movimento. Existem vários softwares com recursos para o gerenciamento de pequenas empresas. Manter o controle de todas as informações que conduzem seus negócios manualmente leva uma eternidade, mas a automação facilita e agiliza, além de liberar seu tempo para as tarefas que precisam da sua atenção.

Outros tipos de automação, como a configuração do pagamento automático de contas através do seu banco, tão são importantes.

 2. Acompanhe a tecnologia que seus clientes esperam

Atualmente, os clientes esperam que todas as empresas adotem a tecnologia atual para tornar sua experiência de consumidor melhor, mais rápida e mais barata. Todos nós carregamos smartphones e esperamos poder nos conectar com as empresas que amamos on-line e em aplicativos.

Parte do gerenciamento de pequenas empresas é garantir que sua marca atraia seus clientes. Isso significa manter um site de alta qualidade e oferecer o mesmo nível de tecnologia que seus concorrentes para manter seus clientes satisfeitos. Por exemplo, digamos que você está administrando uma oficina mecânica. Considere a possibilidade de configurar seu site para que os clientes possam marcar revisões on-line – eles ficam satisfeitos com a conveniência e sua agenda é preenchida. Uma maneira fácil de gerenciar esse aspecto é conversar com seus clientes – pergunte se você está atendendo às necessidades deles e se há mais alguma coisa que eles gostariam de ver em seus negócios.

Você também precisará acompanhar os desenvolvimentos de tecnologia em seu setor. Existem novos desenvolvimentos que ajudarão você a cuidar melhor de seus clientes?

3. Delegar tarefas

O gerenciamento de pequenas empresas não é apenas sobre você e os negócios – também é sobre o gerenciamento eficaz de seus colaboradores. Esse é o seu negócio e você pode se sentir relutante em deixar que outras pessoas assumam parte dele, mas saber quando delegar pode economizar tempo e dores de cabeça.

Se você tiver funcionários regulares, poderá treiná-los para fazer as coisas do seu jeito, até que estejam prontos para assumir a responsabilidade por partes dos negócios. Caso contrário, pode valer a pena contratar um freelancer ou trabalhador contratado para projetos que exijam tempo, trabalho ou experiência que você não possui.

4. Nunca esqueça seu orçamento

Um orçamento é uma ferramenta necessária para definir as despesas projetadas, preparando-se para os inevitáveis imprevistos e mantendo o controle de sua saúde financeira. Não importa o quão ocupado as coisas fiquem no dia a dia, você sempre precisará estar atento ao status financeiro da sua empresa para garantir que você esteja em uma posição segura e estável.

Lembre-se de que seu orçamento é um documento dinâmico. À medida que suas necessidades de negócios crescem e mudam, convém reavaliar seu orçamento e fazer os ajustes necessários. Os especialistas recomendam uma revisão mensal de todos os seus custos e despesas orçamentárias para permanecer no caminho certo.

5. Gerencie seu inventário

Quando você vende um produto, parte do seu processo estará no gerenciamento do seu inventário. Você deseja encontrar um bom sistema para gerenciar seu inventário, rastrear o que vende e, se necessário, rastrear sua remessa. Este é um local em que você pode tirar proveito da automação para rastrear os usos e necessidades de seu inventário.

Você também precisa gerenciar seu inventário se estiver prestando serviços – você tem uma quantidade finita de mão de obra e suprimentos para trabalhar e precisará garantir que você tenha o suficiente dos dois nos momentos certos para manter seus clientes satisfeitos.

6. Estabeleça metas concretas

Grande parte do gerenciamento de pequenas empresas concentra-se nas tarefas do dia-a-dia – assegurando que você tenha o inventário certo, mantendo seus clientes satisfeitos, cuidando de suas finanças e muito mais. No entanto, tome cuidado para não deixar essa rotina diária ofuscar suas metas de crescimento a longo prazo.

A melhor maneira de manter um olho no cenário geral é definir metas concretas e quantificáveis e fazer check-in regularmente para garantir que você esteja se movendo na direção certa. Suas metas podem refletir um certo número de clientes atendidos, um certo número de produtos vendidos ou alguma outra medida de sucesso. Talvez você queira expandir para um segundo local – esse é outro objetivo que você pode acompanhar.

Anote seus objetivos e revise-os regularmente para manter seus negócios na direção certa.

O gerenciamento de pequenas empresas envolve usar muitos chapéus e manter o foco em muitas tarefas diferentes. Essas dicas podem ajudá-lo a manter o foco nos aspectos mais importantes do seu negócio e mantê-lo no caminho para o sucesso.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *