Solicitar contato

16/03/2018   09h36

7 dicas para otimizar sua indústria

Confira caminhos para alcançar mais eficiência, aumento da produtividade e diminuir o desperdício

16/03/2018   09h36

Em todos os processos existem margens e possibilidades de otimização. Listamos sete dicas que poderão ajuda-lo a identificar o que precisar ser melhorado para colocar a sua indústria no caminho da eficiência, aumento da produtividade e menor desperdício.

A atuação dos gestores de produção é muito importante e fundamental, porém não é somente garantir o fluxo otimizado de materiais e produtos, dentro e fora da fábrica, também é necessário otimizar o layout do chão de fábrica, promover a entrega de pedidos dentro do tempo e maximizar a eficiência de todos os procedimentos.

Na indústria, alguns métodos para otimizar processos podem aumentar drasticamente a eficiência e reduzir o desperdício. Para alcançar o sucesso, você precisa de um compromisso com a produtividade e vontade de experimentar novas ideias. Ao aumentar a organização do espaço produtivo e o fluxo de trabalho, simplificar as tarefas de fabricação e estabelecer diretrizes para coleta de dados, sua empresa pode começar a sentir uma maior eficiência, produtividade e menor desperdício a qualquer momento.

Elencamos alguns aspectos para as quais você deve prestar atenção ao melhorar seu processo de fabricação.

 

1. Olhe para os princípios da manufatura enxuta

Uma das maneiras mais populares de melhorar praticamente qualquer processo de fabricação é adotar a manufatura enxuta. A ideologia para o gerenciamento enxuto centra-se em práticas de promoção da eficiência, melhorando as operações de forma contínua e reduzindo o desperdício. A aplicação desses conceitos ajuda as empresas a dar uma resposta mais rápida.

Conheça os princípios fundamentais:

Valor: defina o que seu cliente considera como "valor" e procure maneiras de aprimorá-lo durante todo o processo de fabricação.

Fluxo: transforme o fluxo de trabalho, simplificando os procedimentos, organizando o chão de fábrica e atribuindo as pessoas certas aos locais corretos.

Respeito: promova uma cultura de empoderamento e confiança que permita que funcionários e clientes identifiquem imperfeições para a futura erradicação de problemas.

 

2. Analise seu fluxo de trabalho

É difícil otimizar seu processo de fabricação sem uma boa compreensão do seu fluxo de trabalho atual. Para obter uma ideia sólida das operações atuais, identifique tudo o que for necessário para fabricar um produto, incluindo processos, pessoas e tecnologia, bem como a comunicação, procedimentos e recursos necessários em toda a empresa.

Considere o mapeamento de fluxo de valor um exercício que o ajuda a monitorar, avaliar e identificar áreas para melhoria. Quando você documenta seus processos de fluxo de trabalho (em papel ou eletronicamente), você pode identificar áreas em que você está perdendo tempo ou qualidade. Elimine processos que não agregam valor ao produto final.

 

3. Apontar erros e corrigi-los instantaneamente

Reconhecer fontes comuns de problemas no seu processo e corrigi-los rapidamente tem um impacto positivo no processo geral. Muitas vezes, na tentativa de melhorar a qualidade de fabricação, as empresas corrigem os sintomas de uma falha do processo ao invés de buscar a causa raiz. A avaliação adequada de problemas recorrentes reduz o risco de disfunções dispendiosas mais tarde no processo.

Quando ocorre um erro - como erros são inevitáveis em qualquer processo de fabricação - certifique-se de que os funcionários são treinados para resolver problemas imediatamente, em vez de esperar a próxima ocorrência para tomar uma atitude.

 

4. Organização

Tenha um ambiente organizado, para garantir que os funcionários tenham fácil acesso a equipamentos e ferramentas. A organização espacial de materiais, ferramentas e espaço de produção reduz o tempo gasto em movimentações e busca por itens.

Elimine resíduos e itens desnecessários e armazene componentes em áreas apropriadas (essas áreas devem ser de fácil acesso para aqueles que usam os componentes com mais frequência).

Os sistemas visuais, como as placas de trabalho que transmitem instruções, mostram o status dos projetos e exibem informações relevantes para o pessoal, podem ser úteis.

 

5. Faça a manutenção e atualize máquinas e equipamentos

Máquinas que quebram constantemente afetam negativamente seu negócio. Mantenha em dia a manutenção de todos os equipamentos de produção para evitar ficar com a produção parada. Um rigoroso processo de inspeção, incluindo manutenção preventiva, ajudará a capturar problemas antes de se tornarem muito graves.

Ao mesmo tempo, lembre-se de que reparar suas máquinas nem sempre é a melhor solução para otimizar a produtividade. As máquinas desatualizadas retardam o processo de fabricação e, às vezes, a instalação de novos equipamentos é a melhor opção. Muitas empresas cometem o erro de reparar equipamentos quebrados, mesmo que a substituição seja menos dispendiosa no longo prazo. Tenha em mente que a nova tecnologia de fabricação surge todos os dias. Permanecer competitivo exige a atualização ocasional.

 

6. Estabelecer metas realistas

Muitos fatores contribuem para objetivos e cronogramas irrealistas - tudo, desde pressões de produção e prazos rigorosos até expectativas do cliente. Lembre-se de que otimizar o processo não significa empurrar sua força de trabalho para realizar mais do que é razoavelmente possível. Você pode aumentar a produtividade criando metas atingíveis claramente definidas para a qualidade e a pontualidade.

Uma vez que você tenha metas em mente, comunique-as adequadamente a todos os funcionários. Crie um ambiente de comunicação aberta e clara para promover a produtividade e reduzir as chances de erros ao longo da linha de produção.

 

7. Coletar e analisar dados com frequência

Otimizar seu processo de fabricação pode não começar com a compra de uma nova máquina ou investir em novos funcionários. É importante analisar o estado atual de sua operação, você pode não estar operando no máximo desempenho para começar.

Descubra quais áreas do seu processo de produção estão com desempenho baixo e observe os indicadores. Isso lhe ajudará não só a otimizar seu processo, mas a mantê-lo otimizado a longo prazo.

Registre e monitore os resultados da atualização de máquinas e equipamentos para ver o efeito que tem em sua operação. Fique atento aos seus números de produção, especialmente após a limpeza e organização do chão de fabricação, para acompanhar as melhorias nos processos. Reunir e usar dados fornece as informações que você precisa para melhorar seus negócios nos próximos anos.

Da sua equipe às suas máquinas, lembre-se de que a otimização vem de uma avaliação abrangente dos processos existentes e seus objetivos finais.

Compartilhe este conteúdo