Solicitar contato

06/06/2018   14h48

6 passos para criar o Planejamento Financeiro da sua ideia de negócio

Sua ideia de negócio poderia funcionar? Montar um Planejamento Financeiro é uma etapa fundamental para responder a essa pergunta.

06/06/2018   14h48

Tem uma ideia de negócio, mas está em dúvidas quanto a viabilidade? Um dos segredos é fazer o planejamento financeiro. Listamos 6 passos principais que podem ajudar você a criar o seu Planejamento Financeiro, confira abaixo:

1. Calcular os custos para iniciar o negócio

Pesquise e liste todos os itens que você precisa para começar o seu negócio e ter uma boa ideia dos custos iniciais e se você precisará buscar algum tipo de financiamento. Aqui estão alguns exemplos de custos que normalmente surgem no início:

  • Registros e licenças
  • Aluguel e utilitários
  • Equipamentos e adequações
  • Capital de giro

2. Previsão de lucro e prejuízo

Estime suas vendas e despesas em uma base mensal, trimestral ou anual para avaliar se você pode esperar obter lucro ou prejuízo para cada um desses períodos. Isso ajudará você a desenvolver metas de vendas, preços e margens de lucro prováveis. Você pode basear seus números no desempenho de empresas semelhantes em seu setor usando benchmarks do setor, pesquisa de mercado e análise do setor.

3. Elabore suas projeções de fluxo de caixa

Uma empresa que obtém lucro ainda pode ficar sem dinheiro. Você pode, por exemplo, fazer muitas vendas no primeiro mês, mas apenas receber o pagamento dessas vendas um mês depois. A conclusão das projeções de fluxo de caixa pode ajudá-lo a reconhecer se você terá dinheiro suficiente para administrar sua empresa ou se precisará de fundos adicionais.

Algumas dicas úteis para essa fase:

  • Projete seu fluxo de caixa com pelo menos 12 meses de antecedência para identificar qualquer sazonalidade.
  • Seja realista - alguns clientes podem ser mais lentos a pagar.
  • Tome ações para gerenciar seu fluxo de caixa, se você encontrar um déficit.

4. Balanço de previsão

Liste todos os seus ativos e passivos esperados após seus primeiros 12 meses para criar uma imagem financeira de sua empresa. Essa é uma boa maneira de avaliar a saúde financeira da sua ideia de negócio - você pode usar seus números de balancete para calcular se você terá recursos suficientes após um ano para executar suas operações do dia-a-dia.

Seu balanço deve incluir estas três seções:

Ativos: o que a sua empresa possui, como dinheiro, inventário e edifícios.

Responsabilidades: o que sua empresa deve como contas a pagar e empréstimos.

Patrimônio: some todos os ativos e subtraia o total de passivos.

5. Encontre o seu ponto de equilíbrio

A conclusão de uma análise de ponto de equilíbrio mostra o número de vendas necessárias para cobrir os custos - qualquer valor acima desse número pode ser considerado um lucro. O ponto de equilíbrio pode ser útil para analisar os números de vendas, custos e preços usados nas suas previsões anteriores e julgar se a sua ideia de negócio é viável. Por exemplo, se o seu ponto de equilíbrio está a anos de distância, você pode querer rever seus números para ver se há alguma oportunidade para tornar seu negócio mais lucrativo.

6. Simule diferentes cenários

Faça simulações da sua projeção de vendas, lucros e prejuízos ajustando alguns dados como preços, custos e vendas, além de possíveis períodos de sazonalidade.

Estime vendas realistas: por exemplo, se você é uma empresa de serviços, pode querer basear os números em 60 a 70% de utilização, em vez de assumir que todo o seu tempo pode ser cobrado.

Ter o próprio negócio é o sonho de muitas pessoas, porém realizar uma análise de todos esses pontos poderá aumentar as chances de sucesso.

Compartilhe este conteúdo